terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Brussels

Fiquei cinco minutos (ou menos) a pé do Grand Place, que é um dos principais pontos turísticos de Bruxelas. Era a coisa mais linda, as ruas eram de pedra e ao redor do hotel tinha diversas lojas de souvenires, restaurantes de todos os tipos...

Chegamos lá no final da tarde do dia 4, fomos de ônibus de Londres para Bruxelas por ser a opção mais econômica, ainda mais porque iamos comprar em Libra e cada passagem de trem custava £100 (mais de R$400). Passamos o dia no ônibus, das 10am até 19pm, mais ou menos. 

Apesar de ter nos tomado um dia inteiro, foi muito bom pois pudemos ver as paisagens inglesas, um pouco do norte da França e ter uma idéia de Bruxelas.
Esses sucos são de uma lanchonete natural, chamada EXKi, em que tomei café no dia 5 de manhã. Achei tão lindo que não podia deixar de tirar foto. Eles vendem diversas marcas de alimentos mas também fazem os próprios. Eu tomei uma vitamina de morango e banana (que era feita por eles, mas já estava pronta em uma garrafa), com um sanduíche (que, se não me engano, era de frango) e era muito bom e em conta. 

No que fui fica perto do Grand Place, cinco minutos de caminhada (segundo o Google Maps). O endereço é: Rue du Marché aux Herbes 93.
Como eu disse, na área que fiquei tinha MUITOS restaurantes, lanchonetes e qualquer coisa que envolva comida. As comidas belgas mas conhecidas são: as batatas, waffles, chocolates e cerveja (não é comida mas, segundo me disseram, as belgas são as melhores).

Eu cheguei a provar os waffles e até gostei, com exceção do chocolate colocado como cobertura que era o meio amargo (e eu não gosto). Ai fica a duvida se o que vem sempre é assim, ou em outros lugares tem com chocolate ao leite ou outras opções. Comi no restaurante Gaufre de Bruxelles (o da primeira foto). Fica perto do EXKi. Endereço: Rue du Marché aux Herbes 113.
A Grande-Place é a praça central da cidade, lá fica o Hotel da Cidade, a Câmara Municipal e a Câmara Municipal. É um lugar MUITO bonito e além de tudo isso tem diversos restaurantes e cafés, onde você pode sentar e só ficar apreciando o movimento e a arquitetura. A praça é muito bonita, ainda mais em outras épocas do ano, além de ser palco para os Tapetes de Flores de Bruxelas, que ocorrem a cada dois anos, normalmente em Agosto. O último foi agora em 2014. Mais e mais.
Andando pela area de compras da cidade achei uma LUSH, que já tinha ido em Londres mas queria ver outras coisas que deixei de comprar. A loja era bem menor e tinha vários produtos em falta, mas a moça disse que chegaria no dia seguinte. O endereço é: Rue dês Fripiers 98. 
A quarta foto acima (contando a partir de baixo) é a vista que tive dos degraus da Catedral de St. Michel et Gudule, vocês podem perceber nela a arquitetura característica de Bruxelas. Essas casinhas altas porém estreitas.; As outras duas fotos foram tiradas enquanto eu caminhava.; A ultima, dos dois touros (?), é uma pracinha em frente a Catedral. Mais.
As fotos acima já são do Parque de Bruxelas, um lugar encantador que fica na frente no Palácio Real de Bruxelas, o qual é o oficial do Rei dos Belgas (última foto, acima), mas não mora ninguém. Mais.

Eu já tinha ido ao mesmo lugar em 2011, mas eu realmente tenho uma vaga lembrança, principalmente do Parque. Fico imaginando como deve ser acolhedor passear por lá na Primavera ou no Verão, por exemplo.
Por ultimo, fomos a um ponto (que eu procurei muito e não achei o nome) para ver a cidade de cima e ficamos lá até o sol se por. A vista é muito bonita, da para ver até o Atomium (um dos pontos turísticos de Bruxelas, que eu não fui dessa vez mas pude ir na viagem passada, em 2011). A única coisa que sei é que fica perto da estação de metrô Louise e da Bulevar Waterloo, que é a rua de compras de Bruxelas, só com lojas como Armani, Louis Vuitton, Dior e outras. Então quando for lá é só dar uma perguntada. 

Esse foi meu dia na capital da Bélgica, depois fomos direto pro Hotel pegar nossas malas e ir para estação de trem e então partimos para Holanda.