quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Mosteiro Zen Morro Da Vargem #3 - Estação Cultural e Trilha Picuã

No post de hoje vou mostrar duas áreas do Mosteiro Zen Morro Da Vargem que não ficam na parte principal, sobre a qual falei na primeira postagem, então preferi deixar uma parte só para elas. Se você não viu os primeiros posts sobre o Mosteiro, clique aqui e aqui.

Estação Cultural
A Estação Cultural é um lugar muito lindo, e bem minimalista, que fica em uma das trilhas do morro do Mosteiro. É onde fica algumas artes de artistas que já passaram por lá, além de ser um ótimo lugar pra passar um tempo nos intervalos. Ele fica aberto para que as pessoas que estejam participando do retiro possam ir sempre que quiserem. 
Vista dos morros capixabas
Bem no início da história do Mosteiro, era nessa casinha que eles faziam Zazen. Ouvi histórias do Daiju (monge que comanda o Mosteiro), ele dizia que como era um espaço pequeno alguns faziam o Zazen no lado de fora.
Foto por Felipe Hotta
Essa foto tirei quando o Zé Mario (de vermelho) resolveu fazer uma demonstração de algumas técnicas de Karatê.
Caminho de descida da Estação Cultural até a trilha que leva de volta ao Mosteiro
No nosso último dia, o retiro já tinha se encerrado na noite anterior, eu e minha mãe fomos na EC pela última vez por volta das seis da manhã e nos despedimos com essa vista. Como nesse horário nós normalmente estávamos praticando alguma atividade, nunca pudemos estar lá bem cedinho. 

Trilha Picuã
A Trilha Picuã é uma das duas trilhas que tem no Mosteiro, a outra é mais alta, segundo me disseram - eu acabei não indo. 

Apesar de parecer infinita, quando você chega lá em cima percebe que não é tão distante. A subida é bem íngreme, mas nada que seja perigoso. 
Quando chegamos lá em cima, somos surpreendidos com essa vista maravilhosa. É possível ver inclusive o trem de minério que passa por entre as montanhas.
Descida da Trilha
Outras postagens: #1 O Lugar / #2 Rotina